Democratizando a socioexpografia

Adoto uma metodologia em socioexpografia*

Para organização e marketing de acervos culturais. Entrelaçando histórias e coleções para criação de exposições a partir de ambientes conectados.

Um conceito aplicado em quatro dimensões

Catálogos que conectam histórias: catálogos abertos a curadoria de conteúdos, permitindo que cada um dos objetos representem uma variedade de narrativas e contextos, criados a partir da contribuição das pessoas participantes.

Ambientação do presencial ao virtual: um formato de organização em que os suportes no ambiente presencial são apresentados em interfaces virtuais. Para que as pessoas possam participar da organização tanto presencialmente, quanto virtualmente.

Coleções multifacetadas de acervos culturais: uma abordagem de classificação em que os objetos são organizados de forma aberta pelos curadores, permitindo que sejam reorganizados a partir da contribuição dos participantes.

Colaboração para criação de exposições: uma ferramenta para participativa para criação de ambientes expositivos, a partir da curadoria colaborativa entre curadores e pessoas convidadas a oferecer sua contribuição a partir do acesso às coleções.

* A ExtraLibris® é uma marca registrada para consultoria e treinamento em socioexpografia. Os seus conteúdos não podem ser reproduzidos em outros meios sem autorização prévia do autor.